fbpx

Para presidente da CPI, governo tinha gabinete paralelo e nunca apostou em vacinas Por Reuters



© Reuters.

BRASÍLIA (Reuters) – O presidente da CPI da Covid no Senado, Omar Aziz (PSD-AM), afirmou nesta segunda-feira que já é possível afirmar que o governo não investiu em vacinas como instrumento de combate à pandemia e, pelo contrário, apostou no chamado tratamento precoce, com a utilização de medicamentos sem eficácia comprovada, e na chamada imunidade de rebanho.

Para o presidente da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI), já há uma “primeira parte” das investigações concluída e deve ser abordada uma segunda parte nesta semana, quando está previsto o depoimento da médica Nise Yamaguchi. Declarada defensora do uso da cloroquina para o tratamento da Covid, apesar de sua ineficácia comprovada, Yamaguchi seria integrante do suposto gabinete paralelo de aconselhamento ao presidente Jair Bolsonaro sobre o enfrentamento à pandemia.

“Temos certeza que o governo federal nunca apostou na vacina, nunca quis comprar vacina, apostava no tratamento precoce e na imunização de rebanho, isso nós temos certeza”, disse o presidente da CPI à CNN.

Segundo ele, não interessa debater na comissão os efeitos da cloroquina, “já deu”, mas avançar nas investigações sobre o aconselhamento paralelo.

Mais cedo, em entrevista à GloboNews, Aziz afirmou que “para quem dizia que a CPI não daria em nada, já identificamos o gabinete paralelo e a recusa de vacinas”.

A CPI ouve a médica Nise Yamaguchi na terça-feira. Senadores devem questioná-la sobre o chamado gabinete paralelo e sobre tentativa de mudança em bula da cloroquina para inseri-la no tratamento contra a Covid em reunião no Palácio do Planalto, barrada pelo diretor-presidente da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), Antonio Barra Torres.

A informação foi revelada a partir de depoimentos já prestados à CPI, que também deram conta de atrasos e ausências de respostas do governo federal a propostas de compra de vacinas da Pfizer (NYSE:) e da CoronaVac, produzida pelo Instituto Butantan.

Aziz comentou ainda as manifestações contra o presidente Jair Bolsonaro ocorridas em diversas capitais do país no sábado. Aziz se disse contra aglomerações, independentemente de motivação política. “Nada é valido nesse momento, nem a favor nem contra (o governo).”

(Reportagem de Maria Carolina Marcello; Edição de Maria Pia Palermo)

Declaração de Riscos: Fusion Media would like to remind you that the data contained in this website is not necessarily real-time nor accurate. All CFDs (stocks, indexes, futures) and Forex prices are not provided by exchanges but rather by market makers, and so prices may not be accurate and may differ from the actual market price, meaning prices are indicative and not appropriate for trading purposes. Therefore Fusion Media doesn`t bear any responsibility for any trading losses you might incur as a result of using this data.

Fusion Media or anyone involved with Fusion Media will not accept any liability for loss or damage as a result of reliance on the information including data, quotes, charts and buy/sell signals contained within this website. Please be fully informed regarding the risks and costs associated with trading the financial markets, it is one of the riskiest investment forms possible.





Source link

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *