fbpx

Em depoimento à CPI, Pazuello sustenta que respondeu à Pfizer ao longo de toda a negociação sobre vacinas Por Reuters



© Reuters. Frascos rotulados como de vacina contra Covid-19 em frente ao logo da Pfizer em foto de ilustração
09/02/2021 REUTERS/Dado Ruvic

BRASÍLIA (Reuters) – O ex-ministro da Saúde Eduardo Pazuello disse nesta quarta-feira à CPI da Covid no Senado que a pasta respondeu as ofertas da Pfizer (NYSE:) (SA:) inúmeras vezes ao longo das negociações sobre vacinas contra o novo coronavírus desde o primeiro contato de prospecção, por volta de maio.

O ministro respondia a pergunta do relator da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI), senador Renan Calheiros (MDB-AL), sobre carta da farmacêutica enviada no início de setembro a diversas autoridades brasileiras, como o presidente Jair Bolsonaro e o próprio Pazuello, mas a carta permaneceu sem resposta por dois meses.

Pazuello se dispôs a oferecer todas as comunicações entre o ministério e a empresa. Depois lembrou que não tem mais acesso aos documentos do Ministério da Saúde, e recomendou que a CPI requisitasse. Ele argumentou ainda que não se envolveu diretamente em todas as negociações com a Pfizer por entender que as conversas deveriam ser travadas pelo setor administrativo da pasta e não pelo próprio ministro.

Ele também repetiu aos senadores que à época das negociações com a Pfizer, estranhou as cláusulas colocadas pela empresa. Admitiu, no entanto, ter se deparado com cláusulas semelhantes posteriormente em outras negociações sobre imunizantes contra a Covid-19.

O presidente da CPI, Omar Aziz (PSD-AM), sugeriu que pode ser feita uma eventual acareação entre Pazuello e o ex-presidente da Pfizer no Brasil Carlos Murillo.

(Reportagem de Maria Carolina Marcello; Edição de Alexandre Caverni)

Declaração de Riscos: Fusion Media would like to remind you that the data contained in this website is not necessarily real-time nor accurate. All CFDs (stocks, indexes, futures) and Forex prices are not provided by exchanges but rather by market makers, and so prices may not be accurate and may differ from the actual market price, meaning prices are indicative and not appropriate for trading purposes. Therefore Fusion Media doesn`t bear any responsibility for any trading losses you might incur as a result of using this data.

Fusion Media or anyone involved with Fusion Media will not accept any liability for loss or damage as a result of reliance on the information including data, quotes, charts and buy/sell signals contained within this website. Please be fully informed regarding the risks and costs associated with trading the financial markets, it is one of the riskiest investment forms possible.





Source link

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *