fbpx

Queiroga se diz disposto a depor novamente à CPI Por Agência Brasil




Agência Brasil – Com a possibilidade de ser reconvocado à Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Pandemia, o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, disse hoje (13) estar à disposição para prestar novos esclarecimentos. Ele deu a declaração ao chegar para reunir-se, no fim desta tarde, com o ministro da Economia, Paulo Guedes.

“Eu me preocupo com terapia intensiva: CTI. A questão da CPI é um problema do Parlamento. Já estive lá, já prestei os esclarecimentos que cabia a mim e estaremos sempre à disposição, não só da CPI, mas do Congresso Nacional e demais órgãos do Estado brasileiro. É essa a posição dos homens públicos”, disse Queiroga.

Nos próximos dias, a CPI deverá votar um requerimento de reconvocação de Queiroga, proposto pelos senadores Humberto Costa (PT-PE), membro da comissão, e Rogério Carvalho (PT-SE), suplente na CPI. Os dois assinaram o requerimento ontem (12) após o depoimento do ex-secretário de Comunicação, Fabio Wajngarten.

Recursos

Segundo Queiroga, a reunião com Guedes teve o objetivo de garantir recursos para um programa de assistência a pacientes que sofram de sequelas cardiovasculares decorrentes da covid-19. Ele estava acompanhado dos professores Fabio Jatene e Protásio Lemos da Luz, da Universidade de São Paulo (USP).

De acordo com o ministro da Saúde, o programa pretende cobrir desde o atendimento primário até casos mais complexos, que exijam equipamento de circulação extracorpórea, chamado de ECMO. Queiroga informou que os professores da USP o acompanharam porque a universidade é referência nacional no uso da máquina.

Apesar de o Ministério da Saúde ter sofrido corte de R$ 2,2 bilhões no Orçamento deste ano, Queiroga disse, em entrevista no fim de abril, que Guedes assegurou que não faltariam recursos para o enfrentamento à pandemia de covid-19.

Declaração de Riscos: Fusion Media would like to remind you that the data contained in this website is not necessarily real-time nor accurate. All CFDs (stocks, indexes, futures) and Forex prices are not provided by exchanges but rather by market makers, and so prices may not be accurate and may differ from the actual market price, meaning prices are indicative and not appropriate for trading purposes. Therefore Fusion Media doesn`t bear any responsibility for any trading losses you might incur as a result of using this data.

Fusion Media or anyone involved with Fusion Media will not accept any liability for loss or damage as a result of reliance on the information including data, quotes, charts and buy/sell signals contained within this website. Please be fully informed regarding the risks and costs associated with trading the financial markets, it is one of the riskiest investment forms possible.





Source link

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *